Header Ads

Teoria sobre Crosswind Hold


Olá pessoal! Eventualmente eu dou uma olhada no Subreddit do Paladins para ver o que o pessoal anda postando por lá (já que é um dos meios mais populares de comunicação e feedback sobre o jogo), e me deparei com essa teoria muito interessante sobre o reino de Crosswind Hold (o lugar, continente, país, não se sabe muito bem o que é). A tradução literal de Crosswind Hold seria algo como "Domínio do Vento Cruzado" (o tradutor me sugeriu "travessia transversal" e eu fiquei "???"). Segundo a teoria, esse lugar seria uma anomalia no espaço-tempo, o que ocasionou o encontro entre a alta tecnologia sci-fi com um mundo de fantasia (vide Ruckus e Grohk e suas armas). Vamos ver o que temos de evidências para sustentar essa teoria!

Falas do Lex

É possível notar nas falas do Lex referências ao tempo. Assim que a partida começa, uma das suas falas é "Eventualmente, as coisas que te fizeram parar não significam nada ... O tempo ... se torna seu amigo." e, ao morrer, ele pode dizer "Nosso tempo... é passageiro". Além dessas, há também outras fases que remetem ao tempo e ao fato de Crosswind Hold ser uma anomalia no espaço-tempo: "Outro objeto do mundo material", é o que ele diz ao comprar itens, ou "Matéria é um produto da mente". Essas linhas de voz sugerem uma visão interessante ao conceito de tempo e do plano material de Crosswind Hold como sendo uma ilusão, algo não-real.


Falas do Torvald

Outro campeão com falas interessantes que sustentam essa teoria é o Torvald. Uma de suas frases iniciais é "Sobrecarregando reguladores espaciais ... elevando petabits rúnicos... isso deve bastar!". O que significaria "reguladores espaciais"? Poderia Torvald manipular a realidade? Sabendo que Petabit é uma unidade de medida de dados, como Terabit ou Megabit, o gauntlet do Torvald poderia ser um dispositivo manipulador da realidade / do espaço. Ao morrer, ele pode dizer "Tudo que somos é energia". Podemos relacionar essa frase com a do Lex: "Matéria é um produto da mente".


Patrulha Espacial

Não, eu não quis dizer o minigame do Club Penguin (saudades), e sim a teoria de que Lex seria um policial do tempo/espaço. Vejamos: temos personagens orientados a temas sci-fi (Lex, Torvald, Barik) e a fantasia (Inara, Ying, Mal'Damba), personagens mistos desses temas (Grohk, Ruckus) e personagens mais ou menos modernos/atuais (Viktor, Tyra, Kinessa).

​Lex possui falas relacionadas à lei e ao tempo, ele poderia ter sido enviado à essa anomalia / paradoxo no tempo-espaço chamado de Crosswind Hold, lar de todas as eras temporais, para tentar colocar ordem nas coisas, ou para caçar os "bandidos" de lá.

Veja bem, você luta por um carro de cristais e pode enfrentar o seu mesmo campeão, tendo falas específicas de quando matar ele  (como o Pip dizendo "Não pode superar o original" e "E o impostor cai"). Segundo as falas descobertas da nova campeã, Seris, ela diz "Esse conflito é um jogo, e somos meros jogadores". Inception? Quebra da quarta parede? Deve ser por isso que os campeões gritam como se estivessem em um glitch na ult da Seris?

Outras falas interessantes são do pacote de voz FN-01 Helio, do Fernando, quando ele mata o Torvald: "Você escolheu o caminho errado" e "Você persegue conhecimento de maneira muito perigosa para qualquer um de nós".

Há também a teoria de que os cristais são o artefato que dão o poder de cada campeão, mas aqui abrimos outra teoria sobre eles: acumular a quantidade certa de cristais poderia fazer o campeão retornar ao seu local e tempo de origem.


O que acham dessa teoria? Estão ansiosos para saber a verdadeira Lore do Paladins? Discordam em alguma parte dessa linha de raciocínio? Comente sua opinião!

- JuliaCS
Fonte: Reddit